7 grandes histórias de Charles Bukowski que você precisa ler

0

É este o problema com a bebida, pensei, enquanto me servia dum copo. Se acontece algo de mau, bebe-se para esquecer; se acontece algo de bom,bebe-se para celebrar, e se nada acontece, bebe-se para que aconteça qualquer coisa. – Charles Bukowski

Ame-o ou odeie-o, com Charles Bukowski é assim, 8 ou 80. Não é difícil achar pessoas que não gostam das obras do autor, afinal, sua linguagem afiada e despreocupada não acaba agradando a maioria. Por outro lado, é fácil se deixar envolver pela leitura natural de seus livros, suas experiências de vida um tanto quanto desgastantes e sua naturalidade em escrever os acontecimentos das formas mais explícitas possíveis.

Confira 7 obras essenciais deste autor bastante polêmico, mas genial, que foi Charles Bukowski.

Cartas na Rua (1971)

20092016-charles-bukowski-livros-2Cartas na Rua é o primeiro livro a apresentar Henry Chinaski, alter ego de Bukowski e protagonista de cinco dos seus seis romances. Autobiográfico, trata do período em que o escritor trabalhou nos correios e de como o sistema massacrou sua vida, moral e saúde. Com um humor sarcástico, soube pegar algo desinteressante (o trabalho de carregar e separar correspondência) e utilizar isso como uma forma de identificação com todo e qualquer leitor que já tenha tido um trabalho do qual não gostava. | Via

Siga a gente nas redes sociais: Twitter | Instagram | Facebook

1 2 3 4 5 6 7
Compartilhe.

Sobre o Autor

Lucas Pilatti Miranda

Fundador e editor-chefe do Canto dos Clássicos, fascinado por música, cinema e uma boa cerveja. Frase preferida do cinema: "A vida passa rápido demais, se você não parar e olhar para ela de vez em quando, pode acabar perdendo." - Ferris Bueller's Day Off.