DarkSide CineBooks | De Volta Para o Futuro

0
» Assine nosso canal do Youtube e aprenda mais sobre cinema. 🎬 «

Não é novidade para ninguém que a DarkSide Books é campeã em qualidade de material literário. A cada novo exemplar é uma surpresa nova, um brilho diferente. Não compramos um livro da DarkSide, compramos um ítem de coleção, algo que gostamos de deixar em cima da prateleira, visível.

Para nós, do Canto dos Clássicos, existe algo ainda mais forte que mantém uma ligação com essa editora: os CineBooks. Livros que possuem, de alguma fora, ligação com alguma obra da sétima arte. Alguns exemplares são de histórias baseadas em filmes, outros são de histórias que deram origem para algum longa, mas ainda temos alguns que falam sobre bastidores, roteiro e curiosidades de alguma obra cinematográfica.

Aqui, neste post, queremos falar um pouco sobre o grande “De Volta Para o Futuro, Os Bastidores da Trilogia”. Como o próprio título do livro sugere, nele a gente entra de corpo e alma nos bastidores da trilogia icônica dos filmes de Robert Zemeckis.

Escrito por Caseen Gaines (com tradução de Alexandre Matias e Mariana Moreira Matias), esse livro é o documento mais completo sobre a trilogia De Volta Para o Futuro, além de ser uma verdadeira aula sobre cinema. Muitas informações presentes aqui, nem o mais apaixonado dos fãs conhecia direito. Foram em torno de 20 meses de pesquisa além da mais de quinhentas horas de entrevistas com equipe técnica, elenco e fãs. Além do diretor do filme, o produtor e corroteirista Bob Gale, o insubstituível Christopher Lloyd (Dr. Emmet Brown) e até mesmo Huey Lewis, autor de “Power of Love”, canção-tema do filme de estreia, relembram, com detalhes, como tudo tomou forma.

Diferente do que você pode pensar, não vamos apenas encontrar imagens com legendas divertidas dos bastidores dos filmes, é muito mais do que isso. São diversas curiosidades, perrengues da produção, locação, cotação de atores… enfim, ao ler esse livro, você saberá TUDO sobre os filmes e, além disso, TUDO sobre como foi criar do 0 uma das maiores sagas ficcionais do cinema.

“A única coisa mais incerta do que o futuro é o passado.” – Provérbio Soviético

Logo no início do exemplar, temos um breve texto escrito pelo Jovem Nerd (Alexandre Ottoni) e seu companheiro de trabalho Deive Pazos – dois caras que admiro muito como figuras do entretenimento brasileiro. “Quando Marty viaja no tempo para 1955, ele estava tão longe de sua época quanto estamos agora em relação ao lançamento de De Volta Para o Futuro nos cinemas. No entanto, a obra-prima de Zemeckis ainda permanece intacta pelo tempo e pela evolução natural da linguagem cinematográfica.” Ou seja, estamos falando de um clássico.

Um ponto bastante interessante do livro, é que não ficamos apenas focado em “De Volta Para o Futuro”, afinal, estamos falando dos bastidores, dos atores, e por que não falar sobre outros filmes estrelados por eles? Um exemplo é no início do capítulo chamado “Rock ‘n’ Roll”, onde nos é apresentado certo dia de gravação e, enquanto esperava ser chamada, a atriz Lea Thompson, que vive o papel de Lorraine Baines (a mãe de Marty), curte seu pequeno e improvisado camarim, cantanto alto para as paredes. Ao lado do texto, vemos uma foto de Lea e outros atores do filme Amanhecer Violento – um cult dos anos 80 com Charlie Sheen e Patrick Swayze. São esses pequenos detalhes que acabam deixando o livro cada página mais rico.

Se você também é um admirador de De Volta Para o Futuro e ainda não adquiriu este livro da DarkSide, fica aqui a sugestão, como já dito, não é apenas um livro cheio de palavras e imagens, é um ítem de colecionador com um enorme conteúdo dentro.

Para comprar o livro, acesse alguma das lojas abaixo de sua preferência:
– Livraria Cultura
– Submarino
– Fnac
– Amazon
– Lojas Americanas

O quarto episódio sobre a História do Cinema já está disponível.

Se inscreva no canal, clique aqui.




Compartilhe.

Sobre o Autor

Lucas Pilatti Miranda

Fundador e editor-chefe do Canto dos Clássicos, fascinado por música, cinema e uma boa cerveja. Frase preferida do cinema: "A vida passa rápido demais, se você não parar e olhar para ela de vez em quando, pode acabar perdendo." - Ferris Bueller's Day Off.