Y: O Último Homem – Volume 1 (Resenha)

0

O maior generocídio que aconteceu nas HQs.

Y: O Último Homem é escrito por Brian K. Vaughan, conhecido por SAGA (já falamos dela aqui), Ex-Machina e Os Leões de Bagdá, tem os desenhos de Pia Guerra, canadense que já trabalhou nos quadrinhos de Doctor Who, e ainda conta com a arte-final de José Marzán Jr., que passou por títulos como: Action Comics (Superman), Asa Noturna e Marvel Apresenta.

A HQ Y: O Último Homem recebeu três indicações ao Eisner – e, na terceira vez, recebeu o prêmio por Melhor Série Contínua. Pia Guerra levou um Eisner, ao lado de Marzán Jr., como o melhor time de desenhistas por seu trabalho em Y. Vaughan, ao longo de sua carreira, foi indicado cinco vezes como Melhor Escritor e conquistou três prêmios Eisner.

Além de todo esse reconhecimento, também vale acrescentar a opinião de Stephen King:

“É a melhor graphic novel que já li.”

Já imaginou se, em um momento, todos os homens morressem? Não estou falando só dos humanos, mas todos os seres-vivos que carregam o cromossomo Y, ou seja, todos os animais machos que existem no planeta.

Bem-vindo ao Mundo sem Homens.

De uma forma inexplicável, uma praga faz com que isso aconteça e todos os homens morrem, com exceção de Yorick Brown e seu macaquinho Ampersand. Os dois sobreviventes se tornam a única chance que a humanidade tem de não entrar em extinção. Com isso, a Agente 355 é designada pelo governo americano para levar Yorick e Ampersand até uma geneticista capaz de duplicar seu DNA e descobrir o que aconteceu.

É claro que o caminho nunca é fácil. Os personagens encontram vários problemas em sua jornada, sendo que o maior deles é representado pelas Amazonas.

O roteirista, Brian, traz muitas discussões sobre gêneros, doutrinas, machismo e feminismo, sempre de forma muito bem elaborada. A HQ é repleta de referências, desde clássicos da literatura inglesa até cultura pop. É uma história para largar apenas quando as páginas acabam.

 Adaptações

Alguns produtores já tentaram levar o quadrinho para as telas de cinema, mas a adaptação foi cancelada. Em 2015, Brian K. Vaughan revelou que os quadrinhos seriam adaptados para uma série de televisão no canal FX, mas não houve mais nenhuma notícia sobre o assunto desde então. Vale lembrar que a HQ não possui relação com a série The Last Man on Earth, do canal FOX.

Edições

Em 2012, a Panini lançou todas as edições de Y em capa cartonada, e no segundo semestre de 2015, a primeira edição de luxo das aventuras de Yorick Brown chegou às estantes.

Em diversos trabalhos da editora vemos alguns probleminhas (principalmente nas lombadas), mas, no caso de Y: O Último Homem – Volume 1, temos em mãos uma edição maravilhosa com belo acabamento. São 256 páginas, em capa dura, com direito aos rascunhos dos estudos de personagens de Pia Guerra como extras. Mesmo tendo sido lançada no ano passado, é bem fácil de encontrar a HQ em várias lojas virtuais.

Siga a gente nas redes sociais: Twitter | Instagram | Facebook

8.5 Épica

O que aconteceria se todos os homens do planeta morressem de forma inexplicável? Essa é a história contada por Brian K. Vaughan e desenhada por Pia Guerra e José Marzán Jr. Em Y, acompanhamos a inteligente e premiada jornada de Yorick Brown e seu macaco, os únicos machos sobreviventes em um planeta dominado pelas mulheres.

  • Arte 8.5
  • Enredo 9
  • Feeling 8.5
  • Personagens 8
Compartilhe.

Sobre o Autor

Vitor Manzochi

Entrou na vida de leitura há pouco tempo, mas hoje sua dieta cultural é baseada em quadrinhos, tirinhas, livros, séries, filmes e games. Nas horas vagas, tenta ser um cozinheiro.