10 filmes de John Ford que você precisa assistir

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

John Ford, um dos grandes gênios do western no cinema

John Ford, um dos principais diretores do cinema americano e, sem dúvidas do mundo todo, foi – e é – também o maior premiado na categoria de Melhor Diretor do Oscar. Foi indicado 5 vezes e venceu 4 pelos filmes O Delator (1935), Vinhas da Ira (1940), Como Era Verde Meu Vale (1941), e Depois do Vendaval (1952).

Considerado justamente um dos maiores ícones do cinema western, Ford não foi apenas um excelente diretor reconhecido pelo público e pela crítica, mas também fonte de inspiração para diversos outros nomes importantes da sétima arte, como Akira Kurosawa, Orson Welles, Steven Spielberg, Martin Scorsese, Clint Eastwood e por aí vai.

Sua direção ia além de transpor uma história em imagens com extrema qualidade, a forma com que criou quadros incríveis e desenvolveu seus personagens vai além daquilo que pode ser escrito. Pensando nisso tudo, resolvi trazer 10 filmes que você não pode deixar de assistir para conhecer a obra do essencial John Ford.

“Qualquer um pode dirigir um filme assim que conhecer os fundamentos. Dirigir não é um mistério, não é uma arte. A principal coisa sobre dirigir é: fotografar os olhos das pessoas.”

– John Ford

O Delator (1935)

John Ford - O DelatorEm Dublin, durante a rebelião de Sinn Fein nos anos de 1920, Gypo é um homem fisicamente preparado, mas não muito inteligente. Por isso é recusado para integrar o IRA (o exército revolucionário irlandês). Gypo também fica insatisfeito ao descobrir que sua amada Katie Madden também fora destituída e caiu na prostituição. É quando o melhor amigo de Gypo, Frankie McPhillip, torna-se fugitivo rebelde e sua cabeça está a prêmio. Sucumbindo à tentação, Gypo delata Frankie por uma boa recompensa. Mas ao saber que o amigo é assassinado, irá sofrer por sua traição.

No Tempo das Diligências (1939)

John Ford - No Tempo das DiligênciasNove pessoas são obrigadas a embarcar em uma perigosa diligência através do Arizona, cada um com seu motivo pessoal para realizar tal viagem. Lotado de clássicas cenas do western, desde combates com índios até duelos na cidade.

As Vinhas da Ira (1940)

John Ford - As Vinhas da IraBaseado na obra de John Steinbeck, conheça a história de uma família de trabalhadores rurais pobre durante a Grande Depressão de 29. Buscando oportunidades de uma vida melhor, Tom Joad (Henry Fonda), após cumprir pena, leva sua família em uma pequena caminhonete, de Oklahoma para a Califórnia, onde dizem ser um lugar mais próspero e de maiores oportunidades. Durante a viagem eles se deparam com a nova realidade, ao mesmo tempo que descobrem que o lugar onde estão indo pode ser pior do que o que deixaram para trás. Vencedor de 2 Oscar, incluindo Melhor Diretor.

Como Era Verde o Meu Vale (1941)

Baseado no famoso romance de Richard Llewellyn, o filme conta a história da família Morgan em um pequeno vale de mineradores de carvão, e como o pai deles quer que seus filhos tenham uma vida melhor com menos exploração do trabalho. Vencedor do Oscar de Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Diretor, Melhor Fotografia e Melhor Direção de Arte.

Paixão dos Fortes (1946)

John Ford - Paixão dos FortesWyatt Earp (Henry Fonda) é o lendário xerife de Dodge City, mas hoje ele se limita a viajar com seus irmãos carregando gado. Em uma das viagens, ele deixa seu irmãos mais novo tomando conta do rebanho enquanto vai ao saloon. Quando volta, encontra o pequeno morto e decide aceitar trabalhar no cargo de xerife da cidade, tentando trazer a justiça ao local.

Sangue de Heróis (1948)

John Ford - Sangue de HeróisO Tenente-Coronel Owen Thursday (Henry Fonda), herói da Guerra Civil Norte-Americana, é enviado para o Forte-Apache, um quartel perto da fronteira mexicana. Após os apaches fugirem, Thursday vê a chance que procurava para iniciar a ação. Porém, o Capitão Kirby York (John Wayne), aposta em uma saída pacífica para a situação.

Legião Invencível (1949)

John Ford - Legião InvencívelNathan Brittles (John Wayne), um capitão veterano da cavalaria americana, não quer aceirar a idéia de se retirar do serviço ativo. Ele se recusa a se aposentar sem antes cumprir todas as suas obrigações com a tribo local e, assim, sai em sua última patrulha para impedir um macicço ataque indígena que pode se transformar em um grande massacre. Atrapalhado pelas mulheres a quem precisa salvar, Brittles vê sua missão em grande perigo.

Leia mais: Legião Invencível – 1949 (Resenha)

Depois do Vendaval (1952)

John Ford - Depois do VendavalDepois de muitos anos fora, Sean Thornton (John Wayne) retorna dos Estados Unidos para sua pequena cidadezinha na Irlanda. Chegando lá, logo vê Mary Kate Danaher (Maureen O’Hara), uma pobre, mas linda moça, irmã mais nova de Will, que não vai com a cara dele. Os dois se apaixonam, mas terão que saber lidar com Will para conseguirem ser felizes.

Rastros de Ódio (1956)

John Ford - Rastros de ÓdioO veterano da Guerra Civil Ethan Edwards (John Wayne) chega ao Texas em 1868 e encontra o seu irmão e a família dele. Entretanto, no dia seguinte, comanches invadem o rancho e matam o seu irmão e Martha (Dorothy Jordan), a esposa dele. Além disso, raptam as duas filhas do casal. Ethan parte então em uma busca vingativa pelas meninas junto com o companheiro Martin (Jeffrey Hunter), um mestiço que logo percebe que Ethan está obcecado por matar os índios e cheio de ódio racista. Eles encontram o corpo da mais velha, e saem em busca da caçula, que procuram por mais 5 anos no deserto.

Leia mais: Rastros de Ódio – 1956 (Resenha)

O Homem que Matou o Facínora (1962)

John Ford - O Homem que Matou o FacínoraEm 1910, o Senador Ransom Stoddard e sua esposa Hallie chegam numa pequena cidade para o funeral de Tom Doniphon (John Wayne). Entrevistado por um repórter, Stoddard conta a história de quando era advogado na cidade e desejava deter o terrível pistoleiro Liberty Valance por meio da lei. Doniphon, um respeitado caubói, insistia na validade da lei do revólver. Além das diferenças de estilo, Doniphon e Stoddard compartilhavam o interesse pela mesma mulher (Hallie, na época uma garçonete de saloon), além da mesma mesma vontade de acabar com a tirania.

Não esquece de comentar aqui embaixo quais são seus filmes favoritos do diretor, o mestre do western.

Veja também:
– 10 filmes de Jean-Luc Godard que você precisa assistir
– 10 filmes de Luis Buñuel que você precisa assistir
– 10 filmes de David Lynch que você precisa assistir
– 10 filmes de Stanley Kubrick que você precisa assistir
– 10 filmes de Ingmar Bergman que você precisa assistir
– 10 filmes de Carl Theodor Dreyer que você precisa assistir
– 10 filmes de Akira Kurosawa que você precisa assistir
– 10 filmes de Alfred Hitchcock que você precisa assistir

Curta a nossa página do Facebook.
Siga nosso Instagram.
Se Inscreva no nosso canal do Youtube.

Espalhe Cultura:

About Author

Lucas Pilatti Miranda

Fundador e editor-chefe do Canto dos Clássicos, fascinado por música, cinema e uma boa cerveja. "A vida passa rápido demais, se você não parar e olhar para ela de vez em quando, pode acabar perdendo." - Ferris Bueller's Day Off.

3 Comentários

Deixe um comentário