10 grandes histórias de J.R.R. Tolkien que você precisa ler

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Quem nunca ouviu falar de “O Hobbit” ou então “O Senhor dos Anéis”? É quase impossível alguém passar batido por esses nomes, são verdadeiros ícones da literatura (e também do cinema). O nome por trás dessas obras é John Ronald Reuel Tolkien, um dos maiores escritores de todos os tempos, e não é exagero afirmar isso.

Tolkien ficou conhecido como o “pai da moderna literatura fantástica” e, além dos dois nomes já citados, nós trouxemos outros 8 títulos que merecem ser lidos desse gênio. Confira nossa lista.

O Hobbit (1937)

J-R-R-Tolkien-livros-4Os hobbits são seres muito pequenos, menores do que os anões. São de boa paz, sua única ambição é uma boa terra lavrada e só gostam de lidar com ferramentas manuais. Este livro tem como personagem central o hobbit Bilbo Bolseiro. Ele vive muito tranquilo até que o mago Gandalf e uma companhia de anões o levam numa expedição para resgatar um tesouro guardado por Smaug, um dragão enorme e perigoso.

Mestre Gil de Ham (1949)

J-R-R-Tolkien-livros-7Esta divertida história, escrita por J.R.R. Tolkien, é ambientada no vale do Tâmisa, na Inglaterra, num passado maravilhoso e distante, quando ainda existiam gigantes e dragões. Seu herói, Mestre Gil, é na realidade um fazendeiro totalmente desprovido de heroísmo, mas que, graças à boa sorte e à ajuda do cachorro Garm, da égua cinzenta e da espada mágica Caudimordax (ou Morde-cauda), amansa o dragão Chrysophylax e ganha enorme fortuna.

O Senhor dos Anéis – trilogia (1954 – 1954 – 1955)

J-R-R-Tolkien-livros-3A Sociedade do Anel

Uma cidadezinha indolente do Condado, um jovem hobbit é encarregado de uma imensa tarefa. Deve empreender uma perigosa viagem através da Terra-Média até as Fendas da Perdição, e lá destruir o Anel do Poder – a única coisa que impede o domínio maléfico do Senhor do Escuro.

As Duas Torres

A comitiva do Anel se divide. Frodo e Sam continuam a viagem, descendo sozinhos o grande Rio Anduin – mas não tão sozinhos assim, pois uma figura misteriosa segue todos os seus passos…

O Retorno do Rei

A Sombra dos exércitos do senhor do escuro cresce cada vez mais. Homens, Anões e Elfos unem-se para luta contra a escuridão. Enquanto isso, Frodo e Sam penetram na terra de mordor, em sua empreitada heróica para destruir o anel.

Árvore e Folha (1964)

J-R-R-Tolkien-livros-11Este volume inclui o ensaio Sobre Contos de Fadas e o conto Folha, de Migalha. Em seu ensaio Sobre Contos de Fadas, Tolkien discute a natureza dos contos de fadas e da fantasia e resgata o gênero que alguns pretenderam relegar à literatura infantil. Isso é ilustrado de maneira hábil e refinada por Folha, de Migalha, conto que narra a história do artista, Migalha (Niggle), que “precisa fazer uma longa viagem”, e é visto como uma alegoria à vida de Tolkien.

Smith of Wootton Major (1967)

J-R-R-Tolkien-livros-9Na próspera vila de Wootton Major, se aproxima o aguardado Festival de Inverno! Para o Banquete dos Vinte e Quatro, é preparado um bolo mágico, feito apenas a cada 24 anos e apenas vinte e quatro crianças poderiam participar. Esse bolo carrega em uma de suas fatias uma estrela mágica, na verdade um passaporte para Faery, o Reino das Fadas. E o premiado é o jovem Smith, que conhece regiões e maravilhas jamais vistas por olhos mortais. No Reino das Fadas, ele conhece criaturas bondosas, demônios amedrontadores e elfos imponentes com espadas brilhantes que velejavam em seus barcos brancos. Conhece, também, a Rainha das Fadas, e se torna seu mensageiro; uma mensagem deve ser enviada ao Rei!

Cartas do Papai Noel (1976)

J-R-R-Tolkien-livros-2Todo mês de dezembro, um envelope com um selo do Polo Norte chegava para os filhos de J. R. R. Tolkien. Dentro dele, uma carta escrita à mão com letra trêmula e estranha e um lindo desenho colorido. Isso tudo era do Papai Noel, narrando histórias incríveis sobre a vida no Polo Norte. Desde a primeira carta para o filho mais velho, em 1920, até a comovente última carta para a caçula, em 1943, este livro reúne todas as memoráveis cartas e desenhos que Tolkien fez para os filhos.

O Silmarillion (1977)

J-R-R-Tolkien-livros-5Quando ‘O Senhor dos Anéis’ foi publicado, as histórias de ‘O Silmarillion’ já existiam em suas versões iniciais, escritas em velhos cadernos, muitas vezes às pressas e a lápis. Tolkien trabalhou nesses textos ao longo de toda a sua vida, tornando-os veículo e registro de suas reflexões mais profundas. ‘O Silmarillion’ relata lendas de um passado remoto, ligadas às Silmarils, três gemas perfeitas criadas por Fëanor, o mais talentoso dos elfos. Morgoth, o Senhor do escuro, que habitava a Terra-média, roubou essas pedras preciosas e as engastou em sua coroa de ferro. Para recuperá-las, os altos-elfos travaram uma guerra prolongada e sem esperanças contra o grande Inimigo.

Contos Inacabados de Númenor e da Terra Média (1980)

J-R-R-Tolkien-livros-8Contos Inacabados é um conjunto de narrativas que se estendem desde o tempo de O Silmarillion – os Dias Antigos da Terra-média – até o fim da Guerra do Anel em O Senhor dos Anéis. Seus numerosos tesouros incluem o vivaz relato de Gandalf sobre como chegou a enviar os anões à celebrada festa em Bolsão, o surgimento do deus marinho Ulmo diante dos olhos de Tuor na costa de Beleriand, e uma descrição da organização militar dos Cavaleiros de Rohan.

Roverandom (1998)

J-R-R-Tolkien-livros-10Em 1925, durante as férias, o pequeno Michael Tolkien perdeu, na praia, um cãozinho de brinquedo que ele adorava. Para consolá-lo, o pai, J. R. R. Tolkien, inventou uma história sobre um cachorro de verdade que é transformado em brinquedo por um mago e enviado por um ‘feiticeiro-da-areia’ à lua e ao fundo do mar. Mais de 70 anos depois, as aventuras do cachorro Rover, também conhecido pelo nome de ‘Roverandom’, foram publicadas na Inglaterra. Elas foram organizadas a partir do texto original por Christina Scull e Wayne G. Hammond.

Os Filhos de Húrin (2007)

J-R-R-Tolkien-livros-6Antes da lendária era de o Senhor dos Anéis, um poderoso espírito dominado pelo Senhor do Escuro ameaça a vida dos Filhos de Húrin. Morgoth, o primeiro Senhor do Escuro, habita na vasta fortaleza de Angband, ao norte; e à sombra do temor de Angband e da guerra travada por Morgoth contra os elfos, os destinos de Túrin e de sua irmã Niënor serão tragicamente entrelaçados. A vida breve e apaixonada dos dois irmãos é dominada pelo ódio visceral que Morgoth tinha deles, os filhos de Húrin, o homem que ousara desafiá-lo frente a frente. Contra eles, Morgoth envia seu mais temível servo, Glaurung, um poderoso espírito na forma de um enorme dragão de fogo sem asas, numa tentativa de cumprir sua maldição e destruir os filhos de Húrin.

Leia também:
– 10 grandes histórias de Franz Kafka que você precisa ler
– 10 grandes histórias de Edgar Allan Poe que você precisa ler

E aí, qual livro de Tolkien você adicionaria nessa lista? Comente.

Espalhe Cultura:

About Author

Lucas Pilatti Miranda

Fundador e editor-chefe do Canto dos Clássicos, fascinado por música, cinema e uma boa cerveja. Frase preferida do cinema: "A vida passa rápido demais, se você não parar e olhar para ela de vez em quando, pode acabar perdendo." - Ferris Bueller's Day Off.

2 Comentários

Deixe um comentário