10 filmes de Alfred Hitchcock que você precisa assistir

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Alfred Hitchcock, o mestre do suspense no cinema

Alfred Hitchcock é um grande mestre do suspense, isso ninguém pode negar. Mas será que você já assistiu aos principais filmes do diretor? Bom, essas listas nunca agradam ninguém, mas eu resolvi trazê-la mesmo assim.

Considerado um dos diretores mais influentes do cinema, Hitchcock chegou a dirigir mais de 50 longas-metragens, marca que poucos alcançaram com tamanha qualidade. Dentre as principais obras, eu trouxe 10 filmes que, com certeza, vão conquistar você.

“Sorte é tudo… Minha sorte na vida foi ser uma pessoa realmente assustada. Eu sou sortudo por ser um medroso, ter um baixo limiar de medo, porque um herói não pode fazer um bom filme de suspense.”

– Alfred Hitchcock

Para começar a se aprofundar na filmografia de Akira Kurosawa, separamos 10 filmes essenciais da sua carreira.

Rebecca, A Mulher Inesquecível (1940)

Alfred Hitchcock - Rebecca, A Mulher InesquecívelJovem humilde se casa com um rico homem chamado Maximilian de Winter. Quando ela se muda para a mansão do novo marido, vive sob a sombra de sua ex-mulher, que todos amavam e morreu de forma trágica. Ela nem chega a ter nome na história, é conhecida apenas como a nova senhora De Winter.

Interlúdio (1946)

Alfred Hitchcock - InterlúdioPassado no Rio de Janeiro, conta a história de Alicia (Ingrid Bergman) e Devlin (Cary Grant), dois pólos completamente opostos que acabam se apaixonando devido ao tempo em que trabalharam juntos. Ela é filha de um espião alemão preso pelo governo dos EUA e, para evitar a morte do pai, é obrigada a ajudar o governo americano a prender inimigos mais importantes. Ele é um agente do governo que vai comandar a operação, monitorando para que tudo saia nos mais perfeitos moldes planejados.

Festim Diabólico (1948)

Alfred Hitchcock - Festim DiabólicoNa cidade de Nova York, Brandon e Phillip assassinam seu amigo David, por considerarem-se superiormente intelectuais em relação a ele. Com toda a frieza e arrogância, resolvem provar para eles mesmos sua habilidade e esperteza: esconderão o cadáver em um grande baú, que servirá como mesa e estará exposto no meio da sala de estar do apartamento deles, durante uma festa que realizarão logo em seguida. Baseado em uma história real

Pacto Sinistro (1951)

Alfred Hitchcock - Pacto SinistroDois estranhos se conhecem em um trem e fazem um acordo para lá de estranho. Bruno Anthony (Robert Walker) é um psicopata que odeia o pai. Guy Haines (Farley Granger) é um famoso tenista que está tendo um caso com Anne Morton (Ruth Roman) enquanto o seu divórcio não se concretiza. Bruno propõe a Guy que ele mate sua esposa, enquanto Guy deveria matar o seu pai, para que ambos tenham seu caminho livre para continuar a viver. Enquanto o famoso tenista leva na brincadeira e aceita a proposta, Bruno prova que não estava brincando e tudo toma proporções catastróficas.

Janela Indiscreta (1954)

Alfred Hitchcock - Janela IndiscretaJeff é um repórter incapacitado de exercer sua profissão temporariamente, por causa de uma perna quebrada. Como ele é muito ativo, suas fotos sempre foram de situações perigosas ao extremo, Jeff precisa urgentemente de algo para ocupar o seu tempo livre. Espiando através da janela de seu apartamento a vida dos vizinhos, ele passa a desconfiar que um homem matou sua mulher e escondeu o corpo. Com a ajuda de sua noiva Lisa, Jeff vai, a todo custo, tentar provar que está certo.

Disque M para Matar (1954)

Alfred Hitchcock - Disque M para matarEm Londres, um ex-tenista profissional decide matar sua mulher, para poder herdar seu dinheiro e também como vingança por ela ter tido um affair um ano antes, com um escritor que vivia nos Estados Unidos mas que no momento está na cidade. Ele chantageia um colega de faculdade para estrangulá-la, dando a entender que o crime teria sido cometido por um ladrão. Mas quando algo sai muito errado, ele vê uma maneira de dar um rumo aos acontecimentos em proveito próprio.

 Um Corpo Que Cai (1958)

Alfred Hitchcock -  Um Corpo Que Cai Scottie (James Stewart), um ex-detetive de polícia de São Francisco, se aposenta após um acidente derivado de sua vertigem, seu medo de altura, durante uma perseguição. Gavin Elster (Tom Helmore) contrata os serviços de Scottie para vigiar sua mulher Madeleine (Kim Novak), que possui tendências suicidas estranhas e segue uma rotina durante o dia que a própria não se lembra que fez. Só que tudo se complica quando a situação se mostra infinitamente mais complexa do que parecia ser à primeira vista.

Intriga Internacional (1959)

Alfred Hitchcock - Intriga InternacionalO executivo publicitário Rogher O. Thornhill é confundido com um agente do governo por uma gangue de espiões. A partir daí, envolve-se em uma série de desventuras incríveis e passa a ser perseguido pelos Estados Unidos, tanto pelo governo quanto pelos espiões.

Psicose (1960)

Alfred Hitchcock - PsicoseÉ claro que em primeiro lugar, ficaria um dos filmes mais icônicos da história do cinema. Depois de furtar 40 mil dólares na imobiliária onde trabalha, Marion (Janet Leigh) foge e acaba tendo que passar a noite em um motel na beira da estrada, mas não sabe que o lugar guarda seus segredos assustadores. Vale lembrar que Psicose tem uma das cenas mais marcantes de todo o cinema, a cena do chuveiro juntamente com uma das mais fantásticas trilhas sonoras comandada por Bernard Herrmann.

Os Pássaros (1963)

Alfred Hitchcock - Os PássarosMelanie Daniels (Tippi Hedren) é uma bela e rica socialite que sempre vai atrás do que quer. Um dia ela conhece o advogado Mitch Brenner (Rod Taylor) em um pet shop e fica interessada nele. Após o encontro ela decide procurá-lo em sua cidade. Ela dirige por uma hora até a pacata cidade de Bodega Bay, na Califórnia, onde Mitch costuma passar os finais de semana. Entretanto, Melaine só não sabia que iria vivenciar algo assustador: milhares de pássaros se instalaram na localidade e começam a atacar as pessoas.

Não esquece de comentar aqui embaixo quais são seus filmes favoritos de Alfred Hitchcock, o mestre do suspense.

Veja também:

– 10 filmes de Jean-Luc Godard que você precisa assistir
– 10 filmes de Luis Buñuel que você precisa assistir
– 10 filmes de David Lynch que você precisa assistir
– 10 filmes de Stanley Kubrick que você precisa assistir
– 10 filmes de Ingmar Bergman que você precisa assistir
– 10 filmes de Carl Theodor Dreyer que você precisa assistir
– 10 filmes de Akira Kurosawa que você precisa assistir

Curta a nossa página do Facebook.
Siga nosso Instagram.
Se Inscreva no nosso canal do Youtube.

Espalhe Cultura:

About Author

Lucas Pilatti Miranda

Fundador e editor-chefe do Canto dos Clássicos, fascinado por música, cinema e uma boa cerveja. Frase preferida do cinema: "A vida passa rápido demais, se você não parar e olhar para ela de vez em quando, pode acabar perdendo." - Ferris Bueller's Day Off.

4 Comentários

  1. Avatar
    Jane Chiesse Zandonade em

    Psicose, para mim, é o mais icônico. E matar a protagonista na primeira parte do filme foi obra de gênio, só comparável ao “Casamento vermelho” do Game of Thrones… rs

Deixe um comentário