10 filmes que o Choque de Cultura precisa analisar

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Todo mundo sabe – principalmente quem é do meio automotivo – que análise de filme boa é análise feita pelo Choque de Cultura, e isso eu falo com tranquilidade. Toda destreza em cada frase, cada ponto levantado, cada informação trazida, são pérolas que enriquecem cada obra analisada.

Pensando nisso, resolvi trazer 10 filmes que esse quarteto incrível precisa discutir no programa, vai que essa lista chega até eles?

10 filmes que o Choque de Cultura precisa analisar

Pulp Fiction: Tempo de Violência (1994) | Quentin Tarantino

Não é Transformers nem Velozes e Furiosos, mas é bastante violento. Quem nunca estava dirigindo quando o seu passageiro sem querer atira no passageiro de trás? Simplesmente normal, mas a sociedade acharia um absurdo.

O Poderoso Chefão (1972) | Francis Ford Coppola

Um dia, Rogerinho, eu tava dormindo, acordei, e sem querer tinha uma cabeça de cavalo do meu lado, acordei todo assustado, quando olhei pro lado, Renanzinho tava todo arregaçado, rindo da minha cara. Mas podem ficar tranquilos, porque Renanzinho sobreviveu ao acidente contra o cavalo e só perdeu a perna. Ele é meu guerreirinho.

Clube da Luta (1999) | David Fincher

Pontos fortes: o clube tem regras, isso é essencial para que as coisas funcionem, Rogerinho. E isso eu falo com tranquilidade.

Taxi Driver (1976) | Martin Scorsese

Taxista é safado!

Psicose (1960) | Alfred Hitchcock

Não entendi nada, Rogerinho, muito confuso e tem caveira no filmeeeee.

A paginação para os próximos filmes está logo abaixo. ⬇

1 2
Espalhe Cultura:

About Author

Lucas Pilatti Miranda

Fundador e editor-chefe do Canto dos Clássicos, fascinado por música, cinema e uma boa cerveja. Frase preferida do cinema: "A vida passa rápido demais, se você não parar e olhar para ela de vez em quando, pode acabar perdendo." - Ferris Bueller's Day Off.

Deixe um comentário